Elder Prates.
" A leitura não me transforma em gênio, mas com certeza tira-me da mediocridade ".
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Áudios

" O GRITO "
Data: 22/02/2011
Créditos:

Texto e Voz: Elder Prates.
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


           " O GRITO "


Não entendo o resíduo que exala de mim.
O porquê da beleza das flores.
E os tantos amores...
Não entendo o motivo do fim.
Sou assim, enfim, quem não é?
Sou louco por um troco qualquer.
Fantasia qualquer... Um simples qualquer.
E quem não é?
Não é mesmo?
Vivemos a esmo, esmolando chamegos.
Gritando para ouvidos mudos.

O entender está trancado...

Os corações todos corrompidos.
Mesmo daqueles que se dizem castos.
O mundo é profano.
Movido a petróleo e urânio.
Pessoas se vendem por pouco.
Outras matam por menos ainda.
Ainda que isso lhes renda uma cela.
Cana de uns seis anos, e se for muito.
Tudo é comprável, tudo é invisível.
Os sonhos se esvaem antes de os pegarmos.
Não há eternos... Não há completos...
Enviado por Elder Prates em 21/02/2011

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Compre aqui o livro 'O sonho de ser escritor'
Compre aqui o livro 'Sonetos Prates'
Compre aqui o livro 'Poesias para refletir'
Compre aqui o livro 'Um pouco mais que palavras'
Compre aqui o livro 'Vontade, Imperativos e Dever nos primeiro e segundo capítulos da Fundamentação da Metafísica dos Costumes de Kant'